Planner: todos os elementos de sua vida em um só lugar

Por Luciana Salviano


Há alguns anos a famosa agenda tem dado lugar a um item de papelaria bem mais completo, que ajuda na organização de várias áreas de nossas vidas: o planner.

Mas para que serve? O planner nada mais é do que uma agenda incrementada, um método de planejamento e de organização que te dá a possibilidade de juntar todos os elementos da sua vida em um só lugar. Mas, diferente da agenda, em que você coloca as suas tarefas diárias, no planner você visualiza suas tarefas e desejos por semana, mês, semestre e até pelo ano inteiro. Não é mara?!

Eu, como amante da papelaria que sou, decidi trocar a minha agenda pessoal e de trabalho, além das planilhas de viagem e orçamento mensal por um planner, onde eu posso juntar tudo isso e levar para todos os lugares. Além disso, eu tenho a possibilidade de personalizá-lo e coloco por lá minhas listas de séries, filmes e livros do ano; meu cardápio semanal; meu orçamento mensal; minhas tarefas diárias; meus planos de viagens e minhas metas para o ano; além de ter um tracker de acompanhamento de hábitos.

Dá para planejar digitalmente?

Existem opções de planners digitais por meio de uso de aplicativos, como Google Agenda, Trello, Guiabolso, Wunderlist, e muitos outros. No entanto, para conseguir um planejamento total das suas atividades seria preciso uma série de aplicativos - e vamos combinar que além de encher a memória do celular é bem cansativo ficar atualizando os dados em tantos lugares -, já com o planner impresso você pode personalizá-lo de acordo com as suas necessidades e ter uma visão geral de todas as atividades que precisa realizar.

Mas a escolha fica a seu critério, de acordo com as suas necessidades e da sua rotina. Além dos planners digitais, você pode escolher entre os planners impressos de mesa, de geladeira, diários, mensais e anuais, datados e não datados. Os formatos são os mais variados e é só escolher o que mais se adequa à sua realidade.


As vantagens de um planner não datado

Quem já usou um planner datado sabe que apesar da praticidade de já ter tudo pronto, sempre sobram aquelas folhas em branco no fim do ano, que por algum motivo você não conseguiu preencher. Eu não sei vocês, mas eu acho um desperdício aquelas folhas que sobram e a gente não consegue mais usar.

Por isso, desde que comecei a usar o planner não datado tenho tido uma ótima experiência. Com ele posso preencher as folhas como eu quero e caso eu não consiga preencher todas as semanas eu reutilizo as folhas em outros meses. Principalmente com os planners de disco, em que eu posso tirar e recolocar as folhas de acordo com a minha necessidade, posso reutilizar a capa, trocar os discos, e dar uma cara nova a cada ano, sem gastar muito mais com isso. O meu bolso e o meio-ambiente agradecem ;)


Planner ou Bullet Journal?

Enquanto o Bullet Journal, como falamos no post anterior, é uma maneira mais livre e criativa de colocar seus planejamentos no papel, o planner tem um formato mais estruturado e pronto para escrever. Nesse caso, se você quer começar a planejar sua vida mas não tem tempo ou vontade de fazer seu bullet journal, o planner é a opção ideal para você.

O nosso planner, por exemplo, permite que você tenha a organização que precisa com folhas de dia e mês não datadas, e ainda vem com algumas folhas extras para você colocar as tarefas que mais se encaixam com o seu dia a dia, como planejamento de viagens, listas de compras, orçamento do mês e o que mais estiver dentro das suas atividades pessoais e profissionais. Legal né?! Então, vamos começar a planejar 2020?

Imagem: @mi_mae_da_manu.studies

 Imagem: @mi_mae_da_manu.studies

Imagem: @babimedvet

Imagem: @babimedvet 

 

Imagem: @ralaenfermeira

Imagem: @ralaenfermeira

8 comentários

  • bRqhTinNkYcJM em

    rYPZUNWp

  • zTICSyGXiwUW em

    wPQNLSmJ

  • CnkRGfPXVSbsDzlc em

    jgYiDBSX

  • ZndBkzXJQbwFtY em

    neWMvfGcZDyVjICN

  • UgwydhBCWsQTzGRr em

    nxUpPhryBdLoMIZ

Deixe um comentário